Carregamento bateria bidirecional carro bateria electrica
Raquel / 16 Fevereiro 2024

Carregamento bidirecional: como utilizar o seu automóvel elétrico como bateria doméstica

Alguma vez imaginou poder usar o seu carro elétrico como um sistema independente que armazena e transfere energia? A versatilidade e a capacidade de transferência do carregamento bidirecional poderá transformar-se na tecnologia do futuro que poupa tempo e dinheiro. 

Saiba o que se entende por carregamento bidirecional, como funciona e como pode beneficiar financeiramente das vantagens deste tipo de carregamento de EV.

O que é o carregamento bidirecional? 

Carregamento bateria bidirecional carro bateria electrica

O carregamento bidirecional é a eletricidade que viaja em dois sentidos, ou seja, a energia que é transferida dentro do dispositivo e pode ser transferida para fora do mesmo. Neste caso, o carregador EV bidirecional permite que um veículo elétrico carregue outros artigos.

O carregamento bidirecional difere do de carga unidirecional na medida em que esta  apenas transfere energia numa direção, ou seja, a eletricidade viaja da rede elétrica para um dispositivo. Este tipo de carregamento é aquele com que estamos mais familiarizados e é o mais provável de utilizarmos em casa, por exemplo, quando carregamos um telemóvel ou ligamos um liquidificador.

Graças ao carregador EV bidirecional para veículos eléctricos, podemos escolher a forma de transferir energia. Se tivermos carregado o veículo elétrico e quisermos utilizá-lo para alimentar outro dispositivo, como um computador, também o podemos fazer. Tenha em atenção que as baterias EV, as baterias dos automóveis eléctricos, têm normalmente uma potência de 220V.

Como funciona? 

O modo de funcionamento do carregamento bidirecional consiste, em primeiro lugar, em transformar a energia: através de um conversor, localizado na bateria ou no carregador do automóvel, a corrente alternada da rede é transformada em corrente contínua, que é a energia utilizada por um veículo elétrico.

No caso de decidirmos carregar outros dispositivos utilizando apenas o carro elétrico, teremos de fazer a mesma conversão de energia ao contrário: um conversor transforma a corrente contínua em corrente alternada e alimenta electrodomésticos, trotinetas, etc.

A ideia é que o veículo elétrico seja autónomo e capaz de transferir energia para onde a queremos fornecer. Poderíamos entender a carga EV bidirecional como um tipo de carregador muito semelhante ao carregador de telemóvel que levamos connosco quando viajamos.

É o mesmo que um carregador inteligente?

Um carregador inteligente não é exatamente o mesmo que um carregador bidirecional. Quando utilizamos um carregador inteligente, a carga de energia pode ser unidirecional ou bidirecional e é controlado por um dispositivo, o que é muito mais conveniente do que fazê-lo manualmente.

Sempre que temos o carregador inteligente em funcionamento, escolhemos quanto tempo queremos que o nosso veículo elétrico seja carregado. Desta forma, podemos decidir carregá-lo quando há menos procura e devolver a energia nas horas de ponta.

Precisamente, são muitos os proprietários de carros elétricos e empresas que procuram os benefícios das vantagens dos carregadores inteligentes para satisfazer as necessidades energéticas a nível local, regional ou nacional. Desta forma também é evitado a sobrecarga da rede elétrica

Por tanto, o carregador inteligente não é o mesmo que um carregador bidirecional já que, o primeiro atua como uma tecnologia de gestão de carga que permite decidir o tempo e a quantidade de energia que vamos transferir ao nosso veículo elétrico e outros dispositivos. 

É possível ganhar dinheiro com a carga bidirecional? 

Ganhar dinheiro com a carga bidirecional é possível. Qualquer proprietário de um carro elétrico pode utilizar um carregador EV bidirecional para transferir energia nas horas baratas e vender a energia sobrante na bateria do carro à rede em horas de maior sobrecarga

Se decidirmos comercializar a carga bidirecional, existem estudos que demonstram que o dono de um carro elétrico poderia ganhar à volta de 400€ num ano. Totalizando, a vida útil de uma bateria EV poderia oferecer um retorno ao dono que alcançaria ao redor de 3.500€. 

Porque é que poupamos dinheiro com a carga bidirecional? 

O simples facto de ter um carregador EV já nos faz poupar dinheiro, já que não temos que depender da aquisição constante de combustível fóssil. A quantidade de dinheiro que pouparíamos com o uso da carga bidirecional rondaria os 5.000€. 

Além disso, o Governo e muitas companhias elétricas estão a oferecer apoios para que os proprietários dos carros elétricos carreguem as baterias nas horas de menor consumo, desta forma existe um equilíbrio das necessidades energéticas, não provocando sobrecargas. 

O simples efeito de carregar a bateria de um carro elétrico à noite já nos permite poupar, por as horas noturnas serem mais baratas que as horas diurnas, as chamadas “horas de vazio”. Como carregar outros aparelhos com a bateria do carro é mais barato, poupamos mais dinheiro com as faturas da luz. 

Quais são os carros elétricos com carga bidirecional? 

Atualmente, existem certos carros elétricos que já estão a ser fabricados com o sistema de carga bidirecional, como o recente Volvo EX90. Antes da chegada do Volvo EX90 tínhamos alguns antecessores, como o Kia EV6, o Nissan Leaf e os Volkswagen ID.4 e ID.5 GTX. 

A carga bidirecional tem inconvenientes?

O inconveniente que tem a carga bidirecional é que a bateria danifica-se quando carregamos e descarregamos frequentemente. Esta deterioração traduz-se na redução da sua vida útil já que a bateria EV não está pensada para a carga e descarga indiscriminada. 

Por último, a tecnologia atual da carga bidirecional ainda tem muito futuro pela frente e algumas das modificações precisam ser feitas para atingir mais popularidade. Dado que a rede de carregadores em Portugal ainda é escassa, é difícil que chegue a sobrar energia na bateria. 

Conclusões 

A carga bidirecional é o futuro da transmissão de energia entre aparelhos elétricos. A surpreendente ideia de que uma bateria de carro elétrico pode transferir energia a outros dispositivos pressupõe de ser possível poupar dinheiro nas facturas e vender a energia que sobre, na rede elétrica. 

Apesar de que ao sistema de carga bidirecional ainda falta muito caminho por percorrer, ainda existem muitas atualizações necessárias para que a vida útil das baterias EV não se reduzam com o excesso de cargas e descargas de energia. De resto, são só benefícios.  

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sigue leyendo en Renting Finders

Entradas relacionadas

Quer saber mais detalhes?

Completa o formulário e ligamos-te

    Ligue-nos tu para o
    308 807 123

    Chamada para a rede fixa nacional
    Vê as nossas perguntas frequentes para mais informação
    Horário de funcionamento 09.00 às 21.30 de Segunda-feira a Sábado.