A Tecnologia Que Irá Dizer Adeus Ao ngulo Morto Dos Carros
Ruben / 6 Outubro 2023

Adeus ao ângulo morto dos carros 

O ângulo morto de um carro é um ponto normalmente localizado nas laterais do carro que está fora do campo de visão dos espelhos retrovisores e interiores, tornando impossível ver veículos ou obstáculos que se aproximem do veículo de certos ângulos enquanto conduz. Até agora, para ver um pouco mais do carro, era necessário virar a cabeça. Mas atualmente, existem cada vez mais modelos equipados com assistência para o ângulo morto. 

O ângulo morto tem sido a causa de numerosos acidentes de viação. Como resultado, os fabricantes de automóveis estão a equipar os seus novos modelos com assistentes que alertam o condutor para a presença de outro veículo, pedestre ou obstáculo nessa posição. Assim, os condutores têm segurança extra enquanto se encontram na estrada. No entanto, é possível que a médio ou longo prazo o ângulo morto dos automóveis deixe de existir.

Se ainda conduz um carro analógico sem assistentes de segurança, pode optar pela instalação de mini espelhos retrovisores nas laterais. Este acessório também ajuda a reduzir o ângulo morto do veículo. Pode também adicionar um espelho retrovisor interior panorâmico ao seu carro, graças ao qual o ângulo de visão também é aumentado.

O sistema que lhe fará dizer adeus ao ângulo morto dos carros 

Adeus ao ângulo morto dos carros 

Esta tecnologia tem o nome de BLIS ou Blind Spot Information System e tem como objetivo minimizar o ângulo morto. Foi concebido para ajudar o condutor quando conduz em ruas, estradas ou auto-estradas com mais do que uma faixa na mesma direção. O sistema BLIS alerta o condutor quando há carros no ângulo morto do espelho retrovisor e quando outros carros se aproximam rapidamente da esquerda e/ou direita do carro. Também funciona quando estamos a fazer marcha atrás e outros veículos se aproximam. 

É importante notar que o Blind Spot Information System ou BLIS, é um recurso complementar que não funciona em todas as situações e não o isenta de conduzir em segurança, utilizando corretamente os espelhos retrovisores. Como afirmam os criadores desta tecnologia, o condutor é sempre responsável pela mudança de faixa de rodagem de forma segura para o trânsito. 

Mas como é que o sistema BLIS funciona? Esta tecnologia, normalmente localizada no espelho retrovisor, é muito simples e funciona ligando uma luz no lado onde foi detectado um veículo em aproximação ou um obstáculo. Os sensores para este assistente estão localizados nos pára-choques dos veículos. São sensores de radar de curto ou médio alcance (cerca de 24 GHz) ou sistemas de processamento de imagem. Estes fornecem informação a uma unidade de controlo que emite o aviso visual, acústico e/ou táctil. O sistema é capaz de detectar viaturas no ângulo morto cerca de dez metros atrás do espelho retrovisor e cerca de quatro metros de largura. 

Os fabricantes de carros estão a concentrar os seus esforços no desenvolvimento e melhoria dos assistentes de condução e, em particular, estão a concentrar-se no sistema que avisa o condutor dos ângulos mortos. Em alguns modelos premium, este aviso é também acompanhado de um sinal sonoro e até de uma notificação táctil. 

Marcas como a Volvo ou a KIA já têm esta característica de segurança extra. A KIA, por seu lado, está a começar a equipar os seus modelos com um dispositivo chamado BVM, Blind-Spot View Monitor. Funciona como um complemento ao conjunto de instrumentos digitais de 12,3 polegadas. O sistema BVM ajuda a melhorar a visão do condutor. Além disso, está também ligado aos sinais de mudança de direcção. A Ford também equipa os seus modelos com a tecnologia Ford Blind Spot Information System.


Tal como garante o próprio fabricante, “o BLIS contribui para melhorar a segurança na estrada quando existe mais do que uma faixa de rodagem, mas também contribui para a tranquilidade do condutor, sabendo que, em caso de possível despiste, existe um sistema de vigilância que vela por este ponto tão incómodo de todo o sistema de espelhos”. A Ford afirma também que “o sistema não realiza qualquer outra ação, tal como corrigir ligeiramente a trajectória do volante, mas é um sistema de aviso que é, de facto, muito simples”.

Ângulo morto dos carros: outras invenções revolucionárias

A tecnologia BLIS não é a única tecnologia que tem como objetivo aumentar a segurança dos condutores. Recentemente, Alaina Gassler, uma jovem estudante dos Estados Unidos, desenvolveu um sistema que ajuda os condutores a não perder qualquer visibilidade. 

A principal função do projeto revolucionário é eliminar os ângulos mortos nos carros, em particular o causado pelo pilar A, o que limita a visibilidade lateral. Um sistema de câmaras, papel reflector e um projector mostra ao condutor o que está por detrás do pilar A. 

A câmara estaria montada no exterior do carro e projecta a imagem no interior. Desta forma, o pilar A parece ter desaparecido e o campo de visão do pára-brisas é significativamente aumentado. Nas ofertas de carros em renting para particulares da Renting Finders, oferecemos-lhe uma multiplicidade de modelos de última geração que estão equipados com os mais recentes apoios à condução. Se quiser optar pelo renting, pode consultar todas as nossas ofertas e usufruir de um carro novo em troca de uma renda mensal fixa com todos os serviços incluídos. Contacte-nos se precisar de falar com um consultor.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sigue leyendo en Renting Finders

Entradas relacionadas

Quer saber mais detalhes?

Completa o formulário e ligamos-te

    Ligue-nos tu para o
    308 807 123

    Chamada para a rede fixa nacional
    Vê as nossas perguntas frequentes para mais informação
    Horário de funcionamento 09.00 às 21.30 de Segunda-feira a Sábado.