O que fazer em caso inundacao cheia carro
Ruben / 2 Fevereiro 2024

O que fazer se for surpreendido por uma cheia dentro do seu carro: um guia passo a passo

Embora possa parecer um cenário de filme, a chuva forte, as inundações ou as cheias repentinas são situações em que se pode encontrar, quer esteja dentro ou fora do seu automóvel. Digamos que está a conduzir pela cidade e que, de repente, fica preso num lençol de água ou numa inundação repentina enquanto está dentro do seu carro.

Este é um cenário muito perigoso em que é fundamental manter a calma e sobretudo, saber como reagir. Apesar da pequena probabilidade de que isto possa acontecer, é sempre bom ter em conta como atuar para sair ileso se se deparar com chuva torrencial ou cheias. 

Como pode imaginar, a solução não é tão simples como abrir uma porta do carro e sair. Aqui explicamos-lhe detalhadamente o que fazer se atravessar uma queda de água abundante ou cheias. 

Sob que condições pode uma corrente de água arrastar um carro? 

O que fazer em caso inundacao cheia carro

O IMT estabelece várias suposições sob as quais, dependendo da profundidade que alcance a água que rodeia o carro, qualquer viatura pode ser arrastada sem qualquer controlo. Dentro destas hipóteses, existem elementos chave que deve ter muito claros no momento que avaliar este tipo de situações: 

  • A velocidade que pode atingir uma cheia oscila entre os 10 e os 20 quilómetros por hora. 
  • Quando a água atinge os 60 centímetros de profundidade, esta será mais que suficiente para arrastar qualquer tipo de veículo, independentemente do seu tamanho. 

Esta última situação, embora pareça bastante improvável, obrigar-nos-á a considerar conceitos diferentes, como o aumento da força da corrente à medida que aumentamos a profundidade da inundação ou a enorme massa de líquido deslocada pelo próprio veículo, que reduz o seu peso na mesma proporção.

Forças que a corrente de água exerce sobre o carro

Antes de explicarmos como sair de um carro preso numa corrente de água, deve ter em conta as quatro forças que actuam sobre o veículo para compreender melhor a sua situação e geri-la corretamente:

  • A força exercida pela própria corrente de água é a que arrasta o carro. A pressão exercida sobre a superfície de contacto da viatura será proporcional ao quadrado da velocidade que este atinge.
  • A força de aderência do carro vai no sentido oposto e é a força que impede o automóvel de ser arrastado. A sua intensidade é afetada pela taxa de aderência e pelo peso do veículo.
  • A tendência do carro para flutuar é devida ao impulso vertical experimentado pelo veículo, a principal força que atua contra a aderência da viatura. A intensidade desta força será influenciada pelo volume submerso, tal como indicado no Princípio de Arquimedes.
  • O peso do veículo, uma força que empurra sempre para baixo, acabaria por diminuir devido à sua tendência para flutuar. Esta força dependerá da profundidade da massa de água, bem como da altura da parte inferior da carroçaria do carro.

Como sair de um carro em caso de inundação ou alagamento

Se se encontrar nesta situação infeliz, a primeira coisa a fazer é avaliar as diferentes opções disponíveis.

Para tal, deve retirar o cinto de segurança e contactar os serviços de emergência através do 112.

O passo seguinte consiste em testar as diferentes opções disponíveis para sair do carro. Se o veículo estiver parcialmente submerso, não será possível abrir a porta do automóvel até que a pressão do fluxo de água e a pressão no interior do veículo se iguale.

Se for esse o caso, recomendamos que abra a porta no sentido da corrente. Se sentir que a profundidade não é suficiente para atravessar, dirija-se para um ponto seguro o mais rapidamente possível.

inundacao cheia carro o que fazer

O que fazer se não conseguir abrir a porta

Suponhamos que não consegue abrir a porta para sair. Também pode baixar a janela e sair, embora seja possível que o circuito elétrico tenha ficado molhado e, por isso, já não funcione.

Nestes casos, pode parti-la com um objeto pontiagudo. Lembre-se, antes de recorrer a este método, de verificar a direção da corrente, uma vez que é preferível partir o vidro do passageiro da frente se a água estiver a vir do lado do condutor, para que possa subir facilmente para o tejadilho do veículo.

O que fazer se também não conseguir sair da janela

Se também não conseguir sair pela janela, pode tentar sair pelo pára-brisas, que apesar de ter uma certa resistência usada nos carros, dificultando a quebra, poderá sair. 

Para o fazer, terá de empurrar o encosto do banco com as costas e dar um pontapé no vidro da frente ao mesmo tempo. Depois de o remover, suba para o tejadilho do carro para ficar no lado seguro.

O último recurso para sair do carro

Se nenhuma destas opções for viável e não tiver outra opção, terá de atravessar a inundação. Para isso, analise previamente a situação em termos do tipo de carro que tem, do seu peso, altura… e qualquer outro aspeto que seja relevante na travessia, para que possa enfrentar rapidamente estas situações.

Tenha em conta que, por exemplo, um veículo todo-o-terreno pode ter muita tração nas suas rodas volumosas, tal como uma maior distância ao solo e, por consequência, mais resistência a águas profundas.

Devido ao tamanho das suas rodas, este veículo poderá também deslocar mais água e garantir assim uma força de impulsão vertical muito mais elevada. É por isso que deve ter em conta todas as características do seu carro antes de pensar em agir numa situação tão perigosa.

Medidas para evitar ou proteger-se do perigo

Seguem-se algumas dicas sobre o que não fazer para evitar ou proteger-se dos perigos de inundações no seu automóvel:

  • Evite estradas secundárias se considerar que existe uma ameaça de inundação ou alagamento. Isto porque estas estradas estão geralmente em pior estado e podem, por isso, atravessar o curso de água natural.
  • Se ficar preso no interior do seu automóvel, não o tranque para poder sair.

Se sair do carro, se for atravessar o ribeiro, não o faça a nado em nenhuma circunstância.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sigue leyendo en Renting Finders

Entradas relacionadas

Quer saber mais detalhes?

Completa o formulário e ligamos-te

    Ligue-nos tu para o
    308 807 123

    Chamada para a rede fixa nacional
    Vê as nossas perguntas frequentes para mais informação
    Horário de funcionamento 09.00 às 21.30 de Segunda-feira a Sábado.