Considerar antes de encher a bagageira do seu carro
Roberto / 25 Agosto 2023

Coisas a considerar antes de encher a bagageira do seu carro

Quando vamos de viagem de carro ou quando precisamos de transportar certos objetos/materiais, o mais comum é enchermos o carro sem muito planeamento ou organização, colocando cada item de acordo com os nossos critérios e na maioria das vezes carregamos com objectos desnecessários.

Embora possa não parecer, estas decisões podem ser prejudiciais para a nossa segurança, especialmente quando se trata de objectos de grandes dimensões. É por isso que na Renting Finders queremos dar-lhe alguns conselhos, que o ajudarão a otimizar o espaço e a distribuição da sua bagageira, para que possa desfrutar da viagem sem preocupações.

Limite de peso – o seu carro não aguenta tudo

Coisas a considerar antes de encher a bagageira do seu carro

Antes de começar, a primeira coisa a ter em conta é que o nosso carro tem um limite de peso que pode transportar. Não sabemos qual é o limite de peso do seu carro, mas podemos ajudá-lo a descobrir. Pode verificar esta informação no DUA – Documento Único do Automóvel ou na ficha de dados técnicos. Aí encontrará uma seção conhecida como massa máxima em carga admissível do veículo, que indica o peso máximo que o seu carro pode transportar. 

É muito importante que respeite este limite, caso contrário poderá comprometer e afectar o correto funcionamento da viatura e, em consequência, colocar em risco a sua segurança e a dos restantes passageiros. Lembre-se que o carro não transporta apenas o peso da mala, mas também o dos passageiros.

Carro cheio versus carro vazio: eles não se comportam da mesma maneira

Um conselho que os especialistas insistem sempre é que não devemos conduzir da mesma forma se estivermos a transportar um carro muito cheio. Por outras palavras, se estamos a carregar mais peso do que o habitual, precisamos de pensar com mais cuidado nas manobras que vamos fazer. Devemos conduzir com mais cuidado e a velocidade deve ser muito mais baixa. 

Tenha em mente que quando o carro carrega mais peso do que o habitual, é mais difícil arrancar, mover-se e parar. É por isso que a aceleração e a travagem serão mais lentas, tornando as distâncias percorridas no final do dia mais longas. 

Além disso, a inércia do carro em movimento é maior nestas circunstâncias, tornando mais difícil conduzir nas curvas, voltas e movimentos laterais. Quando este é o caso, o veículo é muito instável e difícil de controlar. 

Em conclusão, não se esqueça que os amortecedores, pneus e suspensão foram concebidos para resistir a um limite de peso. Se isto não for respeitado, o comportamento do carro pode falhar. De facto, vale a pena mencionar que os pneus também têm uma classificação de carga, cujo número exacto é mostrado no cartão DUA.

Os passageiros devem estar estrategicamente localizados

O peso do carro não depende apenas do compartimento de bagagem; também pode ser influenciado pelos passageiros. Além disso, quando se trata dos ocupantes, não é apenas o peso dos ocupantes que deve ser tido em conta, mas também o número de pessoas.

Por exemplo, mesmo que as crianças sejam pequenas e leves, se forem muitas, podem acabar por ocupar a mesma quantidade de espaço que os adultos. Consequentemente, deve ser cauteloso ao transportar passageiros, uma vez que exceder o peso permitido pode ser motivo de multa e é também perigoso para a segurança rodoviária. 

Uma recomendação que pode ajudá-lo é ter em conta o peso dos passageiros ao colocá-los dentro do carro, ou seja, certificar-se de que estão posicionados de modo a compensar uniformemente a carga. O objectivo é assegurar que os pesos sejam mesmo da esquerda para a direita e que não haja demasiada carga em algum dos lados.

Não deixe nada solto dentro do carro

Quando transportar coisas no compartimento de bagagem, estas devem ser devidamente fixadas, caso contrário serão atiradas para a frente em caso de travagem. Isto é muito perigoso, pois podem colidir com o que quer que esteja à sua frente. 

Por conseguinte, não é recomendável transportar objectos muito pesados no compartimento de passageiros. Por exemplo, um tablet pode tornar-se um projéctil muito perigoso em caso de travagem e pode causar lesões consideráveis aos passageiros. 

Da mesma forma, se viajar com o seu animal de estimação, também deve ser transportado em segurança, com um dispositivo de retenção que se adapte ao seu tamanho. Por favor, evite que o seu animal de estimação viaje solto, pois pode ser perigoso em caso de travagem brusca.

A prevenção é a chave: colocar cintos de segurança nos assentos traseiros

Por estranho que pareça, existe um truque de prevenção que é altamente recomendado nestes casos: se estiver a viajar com os bancos traseiros vazios (isto é, sem passageiros), deve ainda assim colocar os cintos de segurança

Isto é recomendado porque, se a bagageira estiver cheia, os cintos de segurança irão impedir que os bancos traseiros sejam atirados para a frente em caso de acidente ou travagem.

Uma opção interessante: acessórios para organizar a bagageira

É certo que não é fácil manter a bagageira arrumada, mas felizmente existem acessórios que nos ajudam a equilibrar melhor a carga e a colocar os artigos de forma mais segura e eficiente. 

Entre os acessórios mais populares estão as redes de carga, que se tornam úteis quando se quer evitar que os artigos oscilem se o carro fizer movimentos bruscos. Há também barras de tejadilho, que ajudam a transportar todo o tipo de objectos e materiais; e finalmente há bolas de reboque, que podem ser removíveis ou fixas.

O excesso de bagagem ou de passageiros são motivo de multas

De acordo com o Artigo 31.º – Excesso de carga do Decreto-Lei nº 257/2007 de 16-07-2007, um condutor pode ser sancionado se a carga transportada não cumprir os requisitos de segurança. 

De facto, o regulamento exige que os utilizadores assegurem que a carga, bem como outros objectos colocados no carro, sejam devidamente acondicionados e não se desloquem de forma perigosa enquanto conduzem. 

De modo geral, nem a carga nem os passageiros devem comprometer a estabilidade do veículo. Dependendo do nível da infracção, uma multa por incumprimento destas regras pode variar entre grandes quantias. 

Últimas recomendações

Em conclusão e tendo em conta os pontos acima explicados, recomendamos o seguinte:

  • Evite transportar artigos desnecessários. É importante estar atento e não sobrecarregar as capacidades do carro. Para tal, é melhor esquecer o “só por precaução”.
  • Organize corretamente a sua mala. Uma forma eficiente de o fazer é por tamanho e peso; quanto mais pesado ou maior, mais baixo deve ser.
  • Fixe devidamente qualquer bagagem ou outros objectos que transporte no habitáculo do carro. Na medida do possível, tente manter a quantidade de coisas nesta área do veículo a um nível mínimo. 
  • Antes de iniciar a sua viagem, certifique-se de que a sua carga não exceda os limites de peso permitidos. Não se esqueça de ter em conta o peso dos seus passageiros. 

Para usufruir de uma viagem segura e uma condução suave, sem percalços, penalizações ou preocupações, siga estas recomendações.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sigue leyendo en Renting Finders

Entradas relacionadas

Quer saber mais detalhes?

Completa o formulário e ligamos-te

    Ligue-nos tu para o
    308 807 123

    Chamada para a rede fixa nacional
    Vê as nossas perguntas frequentes para mais informação
    Horário de funcionamento 09.00 às 21.30 de Segunda-feira a Sábado.