Mitos sobre o renting de carros Portugal
Jose / 30 Novembro 2022

5 Mitos sobre o renting de carros

Está a considerar conduzir um carro de renting, já descobriu as suas inúmeras vantagens ou deixou-se levar pelos mitos que circulam por aí? Não deixe que a ingenuidade e estas falsas crenças o privem de usufruir deste sistema que cada vez mais condutores estão a escolher

Para muitos, o renting de carros é a melhor opção de mobilidade e também o será para si. Principalmente os empresários em nome individual e as pequenas e médias empresas, tiram partido das vantagens de conduzir um carro em renting; além disso, cada vez mais particulares optam por veículos modernos e seguros com a melhor tecnologia, em troca de uma mensalidade fixa.

Apesar da grande procura do renting, há sempre dúvidas: tenho de dar entrada inicial, as mensalidades são caras e existem custos de serviço adicionais? Se ainda estiver indeciso quanto a esta forma de mobilidade, abaixo desmistificamos os cinco mitos mais comuns sobre o renting automóvel e dizemos-lhe o que realmente é e como funciona. 

5 Mitos sobre o renting de carros

“O renting é perder o dinheiro”

Muitos acreditam que a escolha de um veículo em renting é um desperdício de dinheiro. Na realidade, é uma forma de investir o seu rendimento num bem.

Em primeiro lugar, quando compra um carro, este perde o seu valor inicial assim que sair do stand e se pretender vendê-lo mais tarde, já não irá receber o que pagou por ele. Ao optar por um carro em renting, poderá esquecer de pagar os serviços mecânicos, a manutenção, o desgaste do veículo, os impostos, entre outros.

Em troca do pagamento de uma renda mensal fixa, a empresa de renting assume todos os custos da manutenção, seguros contra todos os riscos e troca de pneus do carro. No final do contrato, pode decidir entre devolver o carro ou assinar um novo contrato para o mesmo ou outro modelo. A longo prazo, está a poupar dinheiro!

“Tem de pagar uma taxa de entrada no início e uma taxa de saída quando devolver o carro”.

Um dos mitos mais divulgados sobre o renting é o pagamento de uma entrada inicial. Os serviços de carros em renting prevêem apenas uma renda mensal fixa, sem pagamento de entrada inicial. Além disso, não há pagamentos extras no final do contrato. No entanto, certas condições são especificadas no contrato, sendo uma delas a quilometragem a usar. Se no final do contrato houver um excesso de quilometragem, será cobrado um valor. Geralmente, esta taxa é calculada com base na quilometragem contratada, somando o montante proporcional adicional.

Antes de assinar o contrato do seu carro em renting, certifique-se de ler todas as condições e definir a quilometragem de acordo com as suas necessidades e hábitos de condução.
Mas, se tiver utilizado menos quilometragem do que a estipulada no contrato, na altura da devolução do carro, a empresa de renting também fará os cálculos, reembolsando com base na quilometragem acordada. 

O renting é mais caro do que a compra de um carro

Um outro mito popular sobre o renting: comprar um carro é muito mais barato do que escolher um carro em renting. A verdade é que ao contratar um renting, esquece os custos do seguro, a manutenção, o IVA, a reparação de possíveis avarias, os impostos e a inspeção periódica obrigatória. Se somarmos todos os custos acima mencionados à compra do carro, a conta será bastante superior à conta do renting de um carro. Em suma, não só esquece o pagamento destas formalidades, como ao optar por um carro em renting, será menos dispendioso do que comprá-lo.

“O renting é exclusivo para PMEs e empresários em nome individual”

Falso. A realidade é que o renting de carros é acessível para pequenas e médias empresas, para empresas, particulares ou empresários em nome individual (ENIs). Esta opção de mobilidade automobilística é personalizada e adapta-se às necessidades de cada caso, em particular.

Apesar de que quando apareceu este serviço de renting, o mesmo estava orientado exclusivamente para empresas e empresários em nome individual (ENIs) que procuravam adquirir a suas frotas de veículos para desempenhar a atividade profissional, atualmente, o renting também se destina a particulares, oferecendo múltiplas vantagens como carros acessíveis a jovens, famílias e condutores de qualquer idade. 

Realçamos que quando as PMEs e os empresários em nome individual optam pelo renting de carros elétricos podem reduzir o IVA a pagar. Cada contrato dependerá de alguns fatores de interesse: utilização do carro, atividade profissional, viabilidade financeira do pagamento mensal, entre outros.

“Não é possível suspender um contrato de renting”

Este é um dos receios mais comuns, especialmente no renting para particulares e ENIs. Na realidade, é apenas mais um dos mitos sobre o renting. Os contratos dos carros em renting têm uma duração de dois a cinco anos, se ocorrerem imprevistos antes do fim do contrato, a empresa de renting, que é normalmente flexível nestas situações e por razões justificadas, deve ser informada.

Esta decisão poderá resultar numa penalização dos custos de gestão, de fábrica e de registo. Tudo será claramente especificado no contrato, pelo que não haverá surpresas. Certifique-se de que leu todas as condições antes de assinar o contrato com a empresa de renting. 

Processos administrativos, tempo de espera e outras dúvidas

Já esclarecemos os cinco mitos mais comuns sobre o renting. Mas ainda pode haver algumas questões. O renting é complicado? A resposta é: não. Para optar por um carro de renting, pode escolher as condições que melhor se adaptam às suas necessidades, enviar os documentos necessários e solicitar o seu contrato em apenas alguns minutos, totalmente online.

As empresas dedicadas ao renting de automóveis disponibilizam veículos de última geração com os mais recentes modelos, ajustando o orçamento de cada cliente. Quando se trata de PME, cada automóvel da frota está abrangido com seguros contra todos os riscos, impostos e manutenção, sendo uma enorme vantagem para as pequenas e médias empresas.

Ter um carro em renting garante estar na vanguarda da tecnologia. As empresas de renting têm os veículos mais modernos e mais seguros do mercado. Graças a isto, as instituições estatais bem como as empresas multinacionais são contatos frequentes deste sistema.

Quando se trata de controle de custos, o renting de carros é uma alternativa eficiente para particulares e empresários em nome individual permitindo uma melhor gestão empresarial para as PMEs. Não importa quantos mitos tenha ouvido sobre o renting. Este sistema tem grandes vantagens e benefícios e agora que os conhece, tem a certeza que é a sua melhor opção.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sigue leyendo en Renting Finders

Entradas relacionadas

Quer saber mais detalhes?

Completa o formulário e ligamos-te

    Ligue-nos tu para o
    308 807 123

    Chamada para a rede fixa nacional
    Vê as nossas perguntas frequentes para mais informação
    Horário de funcionamento 09.00 às 21.30 de Segunda-feira a Sábado.